Catarina Nunes d’ Almeida (Portugal)

Catarina Nunes d’ Almeida (Portugal)

CERES

Soubeste esperar por mim

embalada na carne o teu hálito

no meu hálito

alimentando os deuses

e as raízes que sustêm as almas.

Havia já um poema encravado no caule

duas notas da sinfonia

escorrendo para os beiços da terra.

Escavei-te e bebi

do teu incêndio

o meu incêndio.

E nasci.

Share

Recommended Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.